5 dicas financeiras sólidas para recém-casados

[ad_1]

Seus votos matrimoniais unem você e seu cônjuge com um vínculo emocional e financeiro que você precisa para se fortalecer ao longo de suas vidas juntos. Portanto, resolver sua situação financeira como recém-casados ​​levará a uma vida inteira de felicidade financeira conjugal. Afinal, a segurança financeira é tão importante quanto o bem-estar emocional entre os casais.

Aqui estão 5 conselhos financeiros sólidos para todos os recém-casados ​​para ajudá-los a unir positivamente suas vidas financeiras:

  1. Reconsidere seus objetivos financeiros: O estabelecimento de metas é uma consideração financeira crucial para um casal recém-casado. Tire um tempo para falar sobre seus objetivos específicos e o que você gostaria de realizar financeiramente como um casal. Você pode discutir coisas como seu plano de pagamento de dívidas, metas de poupança, planejamento de aposentadoria e novas adições à sua família. Em seguida, você precisará listar etapas específicas e os prazos para atingir cada meta.

  2. Elaborar um orçamento conjunto: Um orçamento é uma excelente ferramenta financeira para você como recém-casado. Ter um orçamento ou plano de gastos permitirá que você e seu cônjuge controlem para onde seu dinheiro está indo. Quer se trate de poupanças, pagamentos de prémios de seguro, pagamento de dívidas ou despesas, certifique-se de que ambos estão na mesma página na tomada de decisões.

  3. Minimizar impostos: Depois de se casar, você deve avaliar suas retenções de impostos e seus canais de investimento para ajudar a reduzir impostos e aumentar suas economias de aposentadoria. Contas com vantagens fiscais, incluindo planos de poupança no local de trabalho, contas de poupança de saúde (HSAs) e IRAs podem ser ferramentas úteis para planejar com sabedoria seus objetivos de longo prazo.

  4. Revise sua cobertura de seguro: Após o casamento, é necessário revisar, atualizar e, em alguns casos, comprar diferentes tipos de seguro, incluindo seguro de vida, seguro saúde e seguro de invalidez. Se ambos estiverem trabalhando, pode ser mais barato ter o seguro de saúde de seu cônjuge do que pagar o seu.

  5. Crie um testamento: Seu testamento é o documento legal mais importante para autenticar seus desejos em relação à distribuição de sua propriedade. Além disso, dá orientação sobre como deve ser feito após a sua morte. Mesmo que você tenha um testamento existente, você precisa atualizá-lo após o casamento. Você deve entrar em contato com seu advogado para criar ou atualizar o testamento o mais rápido possível. Certifique-se de reavaliá-los a cada três a cinco anos.

Conclusões

As discussões sobre dinheiro são mais desafiadoras para os recém-casados. No entanto, uma discussão aberta e honesta e as dicas dadas acima ajudarão muito a garantir a harmonia financeira ao longo da vida em seu casamento.

[ad_2]

Source by R. Williams

Deixe um comentário